NIRVANA: TRECHO DE DIÁRIO REVELA CAOS NA BANDA EM 1989 (WHIPLASH)

 
NIRVANA: TRECHO DE DIÁRIO REVELA CAOS NA BANDA EM 1989

Por Igor Miranda, Fonte: Revista Cifras / whiplash
 

nir va na

Crédito das fotos: Bruce Pavitt e Steve Double

21 fev. / 2014 - Bruce Pavitt e Steve Double, que escreveram o livro Experience Nirvana: Grunge In Europe, 1989, acompanharam a banda durante a turnê Heavier Than Heaven, de 1989. A banda estava exausta, em especial Kurt Cobain, que sentia saudades de casa. Os shows eram ainda mais caóticos do que depois que a banda conquistou a fama com o disco Nevermind, em setembro de 1991.

As informações abaixo foram retiradas do site Vice.com. Vale ressaltar que o baterista Dave Grohl ainda não integrava o grupo.

1393021490

"Em outubro de 1989, Kurt Cobain estava na Europa segurando uma bacia de plástico cheia de vômito. O vômito era de Tad Doyle, um ex-açougueiro de cem quilos de Idaho que, na época, fazia um sucesso razoável com sua banda grunge, o Tad. O Nirvana e o Tad estavam juntos numa turnê europeia de 42 dias e 37 shows, e lidar com o mal funcionamento gastrointestinal de Doyle se tornou, por algum motivo, uma das responsabilidades diárias de Kurt, que daria o nome 'Imodium' para uma de suas músicas, depois rebatizada de 'Breed' em 'Nevermind', por causa do remédio contra diarreia de Doyle.

Os cofundadores da Sub Pop Bruce Pavitt e Jonathan Poneman se juntaram à turnê em Roma no mês seguinte. Eles viajaram com a banda por oito dias e Bruce fez centenas de fotos pelo caminho. A turnê culminou no LameFest UK, no Astoria Theatre de Londres (agora Rainbow Theatre), um show fotografado por Steve Double para a revista de música britânica Sounds. Por alguma razão, essas fotos nunca foram publicadas ? até agora. Temos o prazer de apresentá-las pela primeira vez, juntamente com fragmentos do diário de viagem de Pavitt. Os trechos são parte de seu novo livro, Experiencing Nirvana: Grunge in Europe, 1989, que será lançado em 14 de novembro pela Bazillion Points Books. Vista sua camisa de carinha sorridente torta manchada no sovaco, coloque Bleach para tocar e divirta-se.

Segunda-feira, 27 de novembro.
Piper Club, Roma

Jon e eu chegamos a Roma para conhecer dois dos novos grupos de Seattle com quem estávamos trabalhando: Nirvana e Tad. Nossa missão era ajudar da maneira que fosse possível antes da grande mostra da Sub Pop em Londres (o LameFest UK), onde eles iriam tocar com seus colegas de selo e nossa atração principal, o Mudhoney. A mídia britânica é notória por lançar carreiras musicais e esperávamos que esse evento fosse um momento definidor para esses artistas.

Em particular, estávamos preocupados com Kurt Cobain, vocalista do Nirvana. Tínhamos ouvido que ele estava se sentindo resignado e com saudades de casa, que e estava sofrendo de exaustão. Jon e eu esperávamos levantar a moral geral com uma demonstração de apoio. Todos sabiam que era crucial chegar em Londres em boa forma, já que o LameFest UK era, de longe, o maior show da turnê, algo que poderia ter um grande impacto através da influente imprensa britânica...

O Tad subiu ao palco e começou seu set agressivo e pesado, tocando as faixas de seu disco de estreia, God's Balls. Provocando a multidão, o baixista Kurt Danielson caiu no público, gritando Foda-se o Papa, enquanto o baterista Steve Wied mantinha a batida. Depois de 40 minutos de provocação aos cidadãos de Roma, a banda mais pesada do mundo saiu do palco e subiu as escadas para se recuperar.

Era a vez do Nirvana... Dez músicas depois do começo do show, Kurt, frustrado com sua guitarra, destruiu completamente o instrumento e subiu numa pilha alta de alto-falantes. A multidão assistia a tudo, com alguns bêbados gritando Pula!. Foi um momento dramático, e potencialmente perigoso. Testemunhei ao evento do chão do clube, estarrecido, enquanto o Jon e o Tad viam tudo da área dos artistas no segundo piso. Todo mundo estava prendendo a respiração, sem saber se o Kurt ia mesmo pular. Estávamos em pânico e extremamente preocupados com o bem-estar dele.

Domingo, 3 de dezembro.

Astoria Theatre, Londres

Olá, somos um dos três representantes oficiais da cena Sub Pop de Seattle, do estado de Washington! - Kurt Cobain gritou no microfone. O Nirvana, então, começou com sua abertura típica, com a pesada School. Tocando violentamente, Kurt imediatamente quebrou uma corda. Frustrado, ele arrastou o instrumento para fora do palco para trocá-lo, enquanto Krist e Chad passavam para um cover do Stooges, I Wanna Be Your Dog. Na confusão, algumas pessoas começaram a subir no palco e mergulhar na plateia.

Krist gritou: Este é nosso último show da turnê, então vamos fazer o que a gente quiser, porra!

Kurt voltou a se reunir à banda e o Nirvana começou com Scoff, logo encontrando seu ritmo. A voz do Kurt era emotiva e intensa. Ele pulou alto e caiu de joelhos, começando a linha de guitarra de "Love Buzz", primeiro single deles. A multidão enlouqueceu e a tensão aumentou. O Nirvana tinha energia e presença.

Sete músicas depois, enquanto eles tocavam seu cover de Molly´s Lips, Kurt gritou entusiasmado sobre seu grupo indie favorito do Reino Unido. 'Esta música foi escrita por uma banda chamada Vaselines! Eles são a melhor banda do mundo!'

Mais stage dive... Mark Arm do Mudhoney observava, sem palavras, a banda que estava prestes a destronar a sua.

Então, Kurt jogou sua guitarra para Krist, que usou seu baixo como taco. Acertando o instrumento com força total, Krist destruiu o baixo recém-adquirido. Graças a Deus, eles estão indo embora".

1393021503

Articles View Hits
6452285

We have 305 guests and no members online

Download Full Premium themes - Chech Here

София Дървен материал цени

Online bookmaker Romenia bet365.ro