1979: MIL NOVECENTOS E SETENTA E NOVE

MIL NOVECENTOS E SETENTA E NOVE

cosmic 9

Photo courtesy Ken Sanders
Ken Sanders at the 258 E. 100 South Cosmic Aeroplane location in 1979.

Paul  McCartney planejou em 1979 gravar um disco com os Beatles novamente reunidos. Esse álbum, pelo qual a CBS norte-americana pretendia pagar cerca de US$ 12 milhões, não foi gravado por discordâncias entre os integrantes do lendário grupo.
A informação foi divulgada quando se completou 25 anos do assassinato de John Lennon (2005), morto em 8 de dezembro de 1980 em Nova York.
"Essa é a primeira evidência que existe sobre o fato de um ex-Beatle ter planejado algum tipo de reunião musical com o grupo", declarou uma fonte da CBS ao jornal inglês "The Sun".

Em 1979, o Livro Guinness dos Recordes declarou Paul McCartney como o compositor musical de maior sucesso da história da música pop mundial de todos os tempos.

Concerto em Londres, com várias bandas punks, sendo a renda revertida para o pagamento da fiança de Sid Vicious.

Janeiro

Revogação do AI-5.

Foto de Ivan Cardoso: Oiticica, Rocha e Gerchman. O encontro de Glauber Rocha com Hélio Oiticica, no apartamento de Daniel Más, no Rio de Janeiro ao final de 1978. Sai como reportagem especial da revista Vogue, Ivan Cardoso, fotografou este encontro.

21 jan.

"O redator distorceu minhas palavras, fez uma matéria escandalosa porque eu propus uma coisa óbvia como a lua: o general Figueiredo nomear um intelectual para o Ministério da Educação e Cultura. São ignorantes, não sabem sequer que o De Gaulle nomeou o André Malraux. Distorceram e disseram que eu estava para trás, que era um corrupto, cobra mandada que recebia dinheiro do governo, uma coisa inteiramente absurda, irresponsável. Eu ia escrever uma carta, mas deixei pra lá. quer dizer, a revista diz que é minha amiga, eu converso numa boa o cara vai lá e faz uma coisa dessas. Felizmente o Paulo Francis escreveu um artigo me defendendo, esculhambando essa desonestidade. Você não pode discordar de nada." (Glauber Rocha in Jornal de Brasília).
 

FEVEREIRO

zzz1867   No Rio de Janeiro, George Harrison, de passagem pelo Brasil, manifesta sua preocupação com a devastação da floresta amazônica.
   Muito antes da própria gravadora de George Harrison confirmar sua vinda, os sócios do “Beatles Cavern Club” de São Paulo já sabiam até a data de sua chegada. Simplesmente porque conversaram diretamente com Emerson Fittipaldi, amigo de George Harrison. E saber onde encontra-lo também não foi difícil. Bastou descobrir os hotéis de cinco estrelas utilizados pela gravadora WEA em São Paulo e dar uma busca nas listas de reservas de cada um. Assim, descobriu-se o registro de um industrial inglês cujo nome era um trocadilho de George Harrison ardil já utilizado pelo ex-beatle nos créditos do discos “Family Friends”, de Ravi Shankar.
   Só que quando tentaram se aproximar de George, os beatlemaníacos não tiveram sucesso: o guitarrista fugia de qualquer coisa que envolvesse o nome Beatles. Fanáticos não desistiram. Depois de subornar guardas de segurança, de perseguir o carro de George pelas ruas de São Paulo e filmar o ídolo à distância, os garotos trocaram as camisetas do “Cavern Club” por roupas comuns e os discos dos Beatles que levavam nas mãos por álbuns solo de George - e assim conseguiram finalmente, bater um papo com ele.

11012504 855393827888941 3945844190276846007 n

George Harrison no Brasil!

24 março

79 motorhead

   MOTÖRHEAD – Overkill (1979)
   Por: Lucas Araújo Alves

   A história deste gigantesco dinossauro expoente do rock e heavy metal inglês não se limita apenas a figura monumental do seu líder Lemmy Kilmister, mas, sim também a existência de dois eternos pistoleiros dos campos devassos do faroeste roqueiro, refiro-me a esses descendentes diretos de nomes como Pancho Villa, Zapatta e Sartanna!

   O power trio é muito mais do que um formato de banda de rock and roll popularizado na década de 1960. É o poder emblemático de reunir três poderes distintos. O Motörhead perpetuou essa formação nos anos 70 e 80 quando a banda era composta por Lemmy Kilmister (Vocal e Baixo), Eddie Fast Clarke (Guitarra) e Phillthy Animal Taylor (Bateria). Este último foi uma louco-motiva (Sim, louco-motiva) humana, na verdade parecia um carrasco mexicano de qualquer filme clássico Western! Um sujeito que usava toda a fúria que trazia dentro de si e despejava em sua bateria: batidas violentas, sujas e imprudentemente viscerais!

   Após um começo conturbado e meio nulo, o Motörhead lançou o disco mais relevante, pesado, transgressor, mágico e ensurdecedor de toda a década de 1970! O documento Overkill nada mais é do que a comprovação da existência da raiz maldita de uma tal árvore genealógica que produziu o gene de toda a cadeia DNA que classificaria as mutações incrustadas na corrente sanguínea de espécies como: Speed Metal, Thrash Metal e Death Metal.

   Os forasteiros ficaram alguns dias trancados em um estúdio da Bronze Records, o trio maldito gravou músicas épicas e lançou seu melhor LP. Não demorou para o conjunto ser tratado como ícone da onda eterna do heavy metal britânico. Ajudaram a erguer o estilo para o topo da montanha, sem qualquer ajuda de mídia, jornais, rádio ou TV. O Motörhead era um mito, uma lenda e tudo ficou evidente em Overkill.

   A faixa título que abre a obra máxima do Motörhead é um delirante extermínio de pura massa sonora. A agressão percussiva de Phill Aninal Taylor impressiona, era a coisa mais violenta daquele período, não exista nada igual em 1979! Até as bandas mais imundas do punk e metal se renderam aquela condução que direcionou e ao mesmo tempo pavimentou toda a estrada da música pesada. A faixa “Stay Clean”, com um solo de baixo filha da puta, “Damage Case”, I’ll Be Your Sister”, “Capricorn”, “No Class”, “Too Late, Too Late” e “Metropolis”, hinos fundamentais em qualquer show da banda, registros que comprovam que o grupo não nasceu para vender milhões de discos e adornar paredes insignificantes, ao contrário, este disco sempre será lembrado como um precioso documento atestando a existência da civilização METÁLICA, ROCKER e PUNK.

Esta saudação textual em forma de review é dedicada ao baterista mais figura, agressivo e impressionante do mundo o qual ainda vivemos! A finalidade do homem consiste em fazer aquilo que o deixa feliz, não se entrincheirar na mesmice, no que ontem lhe pareceu imutável. Não parecer na ideia funesta de que afinal será vencido, mas lutar tenazmente. Sempre penso isso quando escuto o Motörhead clássico e a bateria deste ícone!

22 abril

krichardsmorotis

Keith Richards, durante um 'tour' com os Stones nos Estados Unidos e no Canadá em 1979. / HENRI DILTZ (CORBIS)

11 junho

Rio de Janeiro. Lançamento do curta Di-Glauber e, Cabeças cortadas, mas a exibição do curta é logo proibida pela filha do pintor. Além do Pasquim e do Correio Braziliense, passa a escrever regularmente para a Folha de S, Paulo, o Jornal do Brasil e Enfim. Fernando Barbosa Lima o convida para participar do programa de TV Abertura.

VÍDEOS

19 julho

Agosto

No Brasil, as sessões comemorativas dos dez anos do festival de Woodstock exibiam as mesmas cópias que as pessoas curtiram na estréia do filme em 1970. 

diario

5 setembro

15 set.


Annik Honore conhece Ian Curtis no final de um concerto de Joy Division em 1979, altura em que trabalhava na Embaixada da Bélgica em Londres, e manteve um caso com o músico até à sua morte em 1980.

21 set.

Glauber Rocha bastante agitado com crise estomacal acompanhado por sua mulher, Paula Gaetan, consegue sua internação no Hospital das Forças Armadas, quer fazer um exame pois desconfia que está com câncer. Glauber nunca confiou nos médicos e quase sempre os levou à loucura com sua tendência em incorporar sintomas de diferentes doenças e apelando para tratamentos alternativos ou de vanguarda. 

FUTEBOL

23 set.

79 flamengo

Flamengo 1 x Fluminense 0  - na foto do saudoso Delfim Vieira, o atacante Cláudio Adão é expulso.

25 set.

Terça-feira, tarde típica do cerrado, 38 graus. O XII Festival de Brasília do Cinema Brasileiro, segue o seu clima de mundanismo normal, e se depender dos concorrentes não entrará para a historia. O evento havia sido transferido de julho para setembro, com a explicação oficial do diretor da Fundação Cultural, Ruy Pereira da Silva, de que não há hospedagem para todos os artistas e convidados, em julho. A apatia e frieza são totais, apesar das sessões da mostra competitiva serem abertas ao grande público. 
Na quarta e sua última vez a Capital, Glauber enterra o Festival de Brasília do Cinema Brasileiro... Dependências do Hotel Nacional, que aquela altura, quase deserto, sequer dava sinais de que ali estavam hospedados os convidados do XII Festival de Brasília do Cinema Brasileiro. "Visionário, profeta Glauber Rocha perambulava por acaso pelo hotel, já que não tinha sido sequer convidado, quando avistou num canto o cineasta francês Jean Rouch. Exaltando-se, rapidamente Glauber declarou aos berros: "Este festival desmoraliza a cultura brasileira e virou um prostíbulo da pornochanchada. A única coisa que esses cineastas fazem é pegar o dinheiro do governo par filmar o traseiro da Sônia Braga!". (Dama da lotação). Disse isto ao mesmo tempo em que acusou Jean Rouch de ser um agente colonizador, deixando o francês sem ação. Glauber havia acabado de concluir seu último filme, A Idade da Terra, que nos fica como herança reveladora do que se passava na sua cabeça naquele tempo, último meteoro arremeçado por Glauber nas telas antes de sua morte, um filme que poucos assistiram até o fim.

 

79 25 set

Hotel Nacional - Brasília - o 'kinesta' Glauber Pedro de Andrade Rocha esbraveja e roda a baiana contra o colonialismo francês. De olho na cena, o Jornal de Brasília e Jota Pingo estimulam o protesto que seguiu para a sala de cinema

27 set.

No dia 27 no primeiro parágrafo de um artigo de meia página no Correio Braziliense ele adverte:
A cultura brazyleyra está com kanzer. Toritoma Maligno. Carcinoma Embriogênico.
Melonena pulverizantyz. Metástase: os efeitos destrutivos possuíram órgãos, membros e almas dos artistas, dos burocratas que se ocupam de produzir, realizar e distribuir cultura no Brazyl. A televisão está contaminada pelos enlatados promocionais do FBI e da CIA (órgãos de segurança yankz).
E nesse mesmo dia Glauber provoca outro rebuliço no Aeroporto de Brasília, paga uma passagem para o Rio de Janeiro, via TransBrasil, com um cheque simples, o gerente da empresa tem de comparecer ao balcão e endossar pessoalmente o cheque de Glauber que pôde assim viajar.

MÚSICA

Wálter Franco lança o LP Vela Aberta.

Jards Macalé lança o LP Banquete dos Mendigos.

Michael Jackson lança o primoroso Off the Wall, em 1979.

Emerson, Lake & Palmer broke up in 1979.

John Tavener, Em 1979, o músico sofreu um acidente vascular cerebral.

Jefferson Starship lança Freedom at Point Zero.

Começam os ensaios do Aborto Elétrico, o pioneiro grupo punk de Brasília, formado por Renato Russo, pelo guitarrista André Pretorius e por pelos irmãos Fê (bateria) e Flávio (baixo) Lemos. Os ensaios aconteciam no apartamento do Fê na Colina, um grupo de quatro prédios onde moravam muitos professores da Universidade de Brasília e que acabou dando o nome de Turma da Colina ao núcleo inicial do que viria a ser a Geração 80 do rock de Brasília.

Walter Smetak Lança seu segundo LP Interregno & o conjunto de microtons: — Tenho procurado diferenciar claramente o fazer som, um meio de despertar novas faculdades da percepção mental, e o fazer música, apenas um acalanto para velhas faculdades da consciência.
— Este é o grande problema da música contemporânea: os músicos geralmente não conhecem eletrônica. E as pessoas que conhecem eletrônica não sabem nada de música.

O guitarrista Pappo, um mito na Argentina faz um show com a Patrulha em 1979 em São Caetano / São Paulo.

Álbum George Harrison (1979).

Brian Eno bota um piano preparado com tesouras e parafusos na música "African Night Flight", de David Bowie.

Darby Crash, lança o feroz álbum "(G.I.)".

Eric Clapton se casa com Patti Boyd.

Em 1979 Joey Molland e Tom Evans, convidam vários músicos de estúdio e lançam um novo LP com o nome Badfinger. Entre os músicos convidados estão Andy Newmark (baterista, que sempre toca nos LPs de George Harrison), Nicky Hopkins (tecladista que além de tocar com John Lennon, George e Ringo, é quase que tecladista oficial dos Rolling Stones), Steve Forest na percussão, além de outros menos votados. Logicamente Joey e Tom participam de todas as faixas, variando apenas os músicos de estúdio. Meados de 1979 – Nos Estados Unidos– LP Airwaves – produzido por David Malloy. 

17 setembro

79 the who

The Who New York City, Madison Square Garden 1979 on their Who are you Tour.

Outubro

A volta do Status Quo em 1979, com o LP Whatever You Want com seu toque new wave foi saudada, um ano mais tarde, com várias audições da balada "Living On An Island". O lançamento de Whatever You Want coincidia com o relançamento de vários álbuns recentes do grupo pelo selo Vertigo, à preços módicos nas discotecas e entramos os oitenta ouvindo muito Status Quo.

30 novembro

Pink Floyd lança o álbum-duplo The Wall.

3 dezembro

As grandes tragédias do rock, The Who.

Dezembro

Arnaldo Baptista, Sérgio Dias, Walter Franco e Guilherme Arantes foram alguns dos músicos paulistas que migraram para o Rio de Janeiro. Arnaldo comprou uma Kombi apelidando-a de Dirce e subiu a serra também para o Rio de Janeiro, onde é convidado a participar do grupo "Unziotru/Unziôtro".
A mal alimentada e corajosa mídia musical do período anuncia em poucas linhas o “Unziôtro” como um grupo promessa, ainda sem nome e contrato - expoentes da “brazilian new wave” - formado por dois ex-mutantes, e, como participante especial mais tarde chegou outro ex-mutantes, Ruy Motta, bateria juntando-se a Arnaldo, teclados, Antonio Pedro, contrabaixo e Lulu Santos, guitarra. Anteriormente o grupo acabara marcando 4 shows na Funarte, no Rio de Janeiro. Os shows valeram mais por seu conteúdo histórico do que por outra coisa. Há uma versão que durante o show Arnaldo apresentou apenas pequenos fragmentos no piano tocando boogie-woogie enquanto Lulu cantou algumas coisas do seu repertório inicial. Após esses quatro espetáculos o grupo se dissolveria sem novas apresentações.

A cadeia de lojas Ponto Frio Bonzão, lança uma caixa de luxo com 14 LPs dos Beatles, entre eles a versão inglesa do LP Rarities, assessório exclusivo da caixa.

Made in Brazil

O ano de 1979 terminou com uma temporada de duas semanas, desta vez no Teatro Ruth Escobar - SP o Made atuou com: Celso, Naná e o músico norte americano Breck Heffner nas guitarras, Nelson Pavão novamente na bateria, Oswaldo no baixo, Caio Flavio, Lucinha e Juju nos vocais e uma Striper detonando e tirando toda a roupa em cena, o nome da fera Eloa. 1979 termina em grande estilo com Oswaldo organizando um novo Festival de Rock o Rock Jeans que dura duas semanas no Playcenter - SP, onde foram contratados, todos os grandes nomes do Rock naquela época O Made in Brazil faz quatro apresentações e volta a utilizar uma ala com oito ritmistas da Escola de Samba Mocidade Alegre da Casa Verde nas músicas “ Banheiro” e “Simpathy for the Devil ”. Nesses shows o grupo passa a contar novamente com o talento de Celso e “Babalu” nas guitarras. Fonte: whiplash/

post-2

Televisão

Estreia o programa Abertura na TV Tupi.

Filmes

In Elvis: The Movie, a 1979 television film directed by John Carpenter, Joe Esposito was played by Joe Mantegna, opposite Kurt Russell as Presley.

Alien, O Oitavo Passageiro, de Ridley Scott.
"Minhas pinturas parecem causar grande impacto em pessoas que são, bem, que são loucas. Um bom número de pessoas pensa como eu. Se elas gostam do meu trabalho elas são criativas ... ou são loucas", disse Giger em um 1979, em entrevista à revista Starlog. (H. R. Giger que projetou o monstro e os cenários de ficção científica do filme)

HO (Ivan Cardoso).   

Em 1979, Fassbinder estrearia comercialmente no circuito brasileiro com A encruzilhada das bestas humanas, onde um adolescente mata o próprio pai, visível crítica que provoca contradições na Alemanha Ocidental e em outros países onde foi exibido, uma história de parricídio no nosso tempo sem perder a estética.

5 outubro


Cocaine cowboys, 1979 (Andy Warhol actor).

LITERATURA

Eu, Christiane F., 13 Anos, Drogada, Prostituída..., livro que causou escândalo em 1979 e foi adaptado ao cinema em 1981, sobre a vida de sexo e drogas da então adolescente alemã Christiane Felscherinow.

A Ilusão das Drogas - Um estudo sobre a maconha, LSD e anfetaminas, de Ivan Schmidt. Casa Publicadora Brasileira, 1979.

Fred Maia lança o livro Gota Serena.

Rubem Fonseca lança O Cobrador, o primeiro livro após o barulhoso Feliz Ano Novo, de 1975, que foi recolhido por ordem da censura, sob a alegação de ter conteúdo contrário à "moral e aos bons costumes" de uma gentalha que ele ajudou a fundar e de subir ao poder com sangue e ranger de dentros...

Millôr Fernandes lança Os orfãos de Jânio (1979)

18056262 1333005736794412 8888638261717435187 o

Truman capote and WARHOL. STUDIO 54 1979

ARTES

Franz Weissmann expõe no Instituto dos Arquitetos do Brasil, Rio de Janeiro.

Carlos Vergara realiza, com Ruth Freinhoff, a programação visual da capa do disco Saudades do Brasil, de Elis Regina; com o cenógrafo Marcos Flaksman cria o cenário do show homônimo. No mesmo ano, assina a concepção visual da capa do disco Elis.

Luis Sacilotto, Concreção 7959, 1979.

Oiticica  - Julho de 1979 – Um Breve Depoimento de Almandrade

peter hugar 3

Gary In Contortion, de 1979 - Fotografia: Peter Hujar

Teatro

Em 1979, recém-chegado do exílio, Zé Celso tomou um ácido, foi até o final do espaço do Oficina, derrubou a parede e encontrou o estacionamento do grupo SS, que havia tomado o quarteirão e queria também o terreno do teatro. "Talvez a coisa mais fantástica seja a luta com o capital vídeo-financeiro, encarnado num outro artista, Silvio Santos. Uma coisa espetacular, cultural."

A Vingança do Carapanã Atômico - Tudo começou em 1979, com esta peça de Pedro Anísio. Inicialmente, Aloísio Batata seria o flautista da banda que acompanharia a peça. Acabou intérprete do personagem Macunaíma.

A peça Os sete trabalhos de Estive, é um dos grandes sucessos de Ary Pára-raios na distante temporada de 1979, com direção de Hugo Rodas e atores do grupo XPTO.

31 dezembro

79 esquadrao

O Esquadrão da Vida saí pela primeira vez às ruas da capital do Brasil. Desde então, muita coisa se passou. Desejamos a todos um ano novo cheio de novas descobertas e de muita coragem, com alegria sempre! Parabéns pra nós, não é fácil ver o mundo de cabeça pra baixo, mas com certeza vale a pena! Um beijo bem grande!

OBITUÁRIO

2 fevereiro

Sid Vicious (nome artístico de John Simon Ritchie-Beverly, Londres, 10 de Maio de 1957 — Nova Iorque, 2 de Fevereiro de 1979). Pela manhã, Sid Vicious é posto em liberdade. No início da noite é achado morto em seu apartamento no Greenwich Village. Ele foi um músico inglês, conhecido por tratar-se de um ícone da cultura punk, baixista da banda Sex Pistols.

Sid Vicious, antes de entrar para a banda Sex Pistols, era baterista do Siouxsie & The Banshees. Também foi vocalista da banda The Flowers Of Romance.

 

Articles View Hits
7069070

We have 396 guests and no members online

Download Full Premium themes - Chech Here

София Дървен материал цени

Online bookmaker Romenia bet365.ro