the Pink Floyd & Syd Barrett story (DVD-2003)

Direção de John Edginton

barrettt

Sobretudo na poesia a rima proporciona a sonoridade. Então pense na poesia eletrificada. Pense em palavra e distorção de guitarra. Um momento calmo num Mundo agitado diante de luzes assustadoras, eis o mundo de Syd Barrett. Erroneamente chamaria a poesia dele de fractal, mas ela não é complicada. Então, posso chamá-la de lisérgica, pessoal. Eles, os outros integrantes do Pink Floyd não atravessaram a porta. Os momentos elucidativos estão nas mãos, nas palavras e nos instrumentos dos entrevistados. Se o fã reconhece o caminhar de Syd Barrett que parecia levitar: ele antes de girar o corpo levantava levemente o calcanhar. E nos momentos de êxtase, dava pulinhos, antes de atravessar a calçada. Assim era reconhecido na rua. Depois, Syd Barrett ficou irreconhecível até mesmo para a banda. A EMI boicotou o último compacto genial, pessoal e atormentado quando ele ainda detinha as rédeas criativas do Pink Floyd, que foi Vegetal Man/Jugband Blues. Muito orientalismo. Neste DVD, vamos reviver a forte emoção de Barrett que adaptou da pintura a sua forma de compor músicas. Seus gostos musicais não muito diferentes daqueles nossos, quando outrora, caímos no mundo do ainda rock'n'roll. A batida tribal repetida até o frenesi e o êxtase dos primeiros dias. Com voz maravilhosa! Saltou para o apogeu. Muitas pressões e ele só tinha 21 anos. Pula mais para frente, para os seus colegas de banda, depois do Pink Floyd. Ele não queria estar no palco. Cantava fora do microfone. Algumas vezes, interrompia a apresentação. Como quem tinha alguma coisa mais urgente a fazer. Talvez deitar e e vegetar enquanto a cabeça dimensionava.

Seu pedido de despedia, "Moço, um conselho, me deixe em paz. Não faço mais essas coisas." Syd Barrett foi polido e educado com os fãs até o final. Ele se parece muito conosco quando pegamos a estrada a pé e não sabemos onde iremos. No vídeo, um momento lindo de Barrett em toda a sua magnitude e expressão corporal cantando Astronomy Domine. Roger Walters/David Gilmour aparecem isoladamente calmos e sábios. É como no caso dos Beatles, você escolhe Lennon ou McCartney para amar. O vídeo é arte sem exagero. De fino gosto, este the Pink Floyd & Syd Barrett story (DVD-2003), é um artefato para arejar a alma.  

Articles View Hits
9502921

We have 1794 guests and no members online

Download Full Premium themes - Chech Here

София Дървен материал цени

Online bookmaker Romenia bet365.ro