2018: O CIRCO CHEGA NA CIDADE!

1 jan. / 2018 - "2018 vai ser péssimo, óbvio, porque, em 2018, todo mundo, em toda parte, vai estar pensando em dinheiro, tentando arrumar uns jeitos, sejam lá eles quais forem, de fazer um dinheiro, de retomar o crescimento econômico, de estimular o consumo, para que o mercado aumente a lucratividade das empresas nacionais e multinacionais, para que as grandes empresas nacionais e multinacionais possam gerar mais empregos para os trabalhadores, para o povo, para essa gente que só serve para trabalhar e comprar coisas, para que o povo ganhe dinheiro para comprar cada vez mais croc-chips-bits-burguers, aquecendo assim cada vez mais o mercado, garantindo ainda mais lucratividade às grandes empresas nacionais e multinacionais, que vão gerar mais empregos para o povo brasileiro consumir gordura de croc-chips-bits-burguers e aquecer o mercado financeiro, que investe na lucratividade das empresas nacionais e multinacionais que geram empregos para o povo e vendem croc-chips-bits-burguers garantindo o crescimento econômico, que é a coisa que todo mundo acha que é a coisa mais importante que existe.

2018, óbvio, vai ser péssimo para os brasileiros, que vão piorar em tudo, vão ser pessoas ainda piores, mais doentes do que já estão, mais ignorantes do que já são, se preocupando com dinheiro, a retomada do crescimento, a retomada do consumo de croc-chips-bits-burguers, os brasileiros por aí, nas praias do Dorival Caymmi, do Simonal, da Gal, no carnaval, gastando dinheiro, na retomada do crescimento, emporcalhando tudo, bebendo cerveja que legal, tropical, as praias do Dorival Caymmi todas cobertas por guarda-sóis amarelos, esgoto no rio, no mar, naquela falta básica de saneamento básico, de educação, de higiene, de conhecimento básico sobre o básico, emporcalhando tudo.

Em 2018, o brasileiro vai morrer todo ensanguentado numa estrada brasileira, a indústria automobilística retomando seu crescimento e gerando empregos, com alto desempenho, e umas crianças vão ser baleadas no meio da aula de História, matéria que ainda vai sair do currículo escolar, fazendo com que os filhos dos trabalhadores brasileiros sejam ainda mais ignorantes do que já são, na guerra contra as drogas, enquanto os velhos, cada vez mais velhos, vão quebrar a economia brasileira, todo o nosso sistema previdenciário, insistindo em permanecer vivos, e cada vez mais brasileiros vão morrer fedendo na fila de um desses hospitais, dos quais uns desses governadores nacionais roubou dinheiro, das criancinhas morrendo lá, para ficar lá em Paris, fazendo festinha.

Em 2018, essa porcaria de ano aí, óbvio, essa porcaria toda aqui vai ficar ainda mais poluída, superaquecida, ensanguentada, fedida, ignorante, as pessoas se explodindo por aí, porque o dinheiro não está dando para todo mundo, os croc-chips-bits-burguers não estão dando pra todo mundo, os brasileiros não compreendem os fatos e as eleições não vão mudar em nada essa porcaria toda, óbvio."

("Tristíssimo Ano-Novo", de André Sant'Anna)

barbieri

Articles View Hits
7103797

We have 395 guests and no members online

Download Full Premium themes - Chech Here

София Дървен материал цени

Online bookmaker Romenia bet365.ro