SATISFACTION! DE QUANDO AS PESSOAS DOAVAM LPs (2021)

leiaute rosa

DE QUANDO AS PESSOAS DOAVAM LPS

Élcio estava além de mim, era homem feito. Eu apenas andava com peões e passava o dia no bar. Da gaveta, do bar roubava trocados para comprar um gibi. Peão tem uma mente muito fértil, gira em torno de temas banais e corriqueiros tipo o Vasco x Flamengo. Eu já era estranho demais para aquele ambiente e todos estavam ligados na minha virgindade. Uma de nossas clientes, carinhosamente, era chamada de "Nega Veia", sem racismo, ela era sarara. O namorado falava com ela, – Mostra o bico do peito pra ele. Ela de tomara que caia. Eu ficava doido, ela ria. Élcio, depois nos contava como foi sequestrado para o motel. Ele tinha o cabelo encoracolado e com o dedo fazia redemoinho no cabelo na altura do ouvido. A boca da sua calça era a mais fina. De chinelas caratê, camisa hangten e cabelo parafinado. De capacete e de óculos escuros. Na garupa, ele carregava a mina mais linda da cidade. E o bar sempre sabe das coisas. Sua linda namorada empinava o rabo na curva do retorno e enlouquecíamos. O bar, um departamento e redação que sabia de coisas. Élcio chegava para jogar sinuna vestido em um macacão de frentista. Sabíamos que ele abria o zíper e fazia bundalelê. Élcio era muito doido, sua casa era espalhada de LPs pelo carpete. E litros de uisque e carreiras de cocaína. Fui lá, ele me ofereceu uma dose! – Eu estou a fim é daquele LP dos Stones! Ao que ele liberou: -– Pode pegar pra você. Até hoje, possuo o raríssimo LP-mono dos Stones com Satisfaction.

Articles View Hits
9608107

We have 367 guests and no members online

Download Full Premium themes - Chech Here

София Дървен материал цени

Online bookmaker Romenia bet365.ro