A história de Zaila Avant-garde, a primeira afro-americana a ganhar o concurso de soletração para adolescentes (2021)

MUNDO
CELINA
ESTADOS UNIDOS
A HISTÓRIA DE ZAILA AVANT-GARDE, A PRIMEIRA AFRO-AMERICANA A GANHAR O CONCURSO DE SOLETRAÇÃO PARA ADOLESCENTES
Conhecida no mundo dos recordes, a jovem de 14 anos entrou na competição 'spelling bee' há dois anos
Maria Cramer, do New York Times
10/07/2021 - 06:00 / Atualizado em 10/07/2021 - 11:17

zaila

A jovem Zaila Avant-garde, de 14 anos, é a primeira afro-americana a ganhar o spelling bee Foto: NYT
 
NOVA YORK — A última palavra — depois de centenas de competidores terem falhado em alguns dos maiores pesadelos do dicionário — foi “murraya” (murta). Quando a jovem Zaila Avant-garde, de 14 anos, a soletrou corretamente na última quinta-feira à noite, pôs as mãos na cabeçae rodopiou com braços abertos enquanto recebia a chuva de confete que encheu o palco. Ela entrou para a história como a primeira competidora afro-americana a ganhar o Concurso Nacional de Soletração dos Estados Unidos, o SPELLING BEE.

A estudante da oitava série do ensino fundamental nasceu em Nova Orleans, capital do estado de Louisiana, e começou a soletrar em competições há apenas dois anos. Ela não apenas deixou para trás outros dez finalistas, que se enrolaram nas palavras nas rodadas finais da competição, como já bateu três recordes mundiais no Guinness World Records por driblar, saltar e fazer malabarismos com uma bola de basquete. Tudo isso antes da nona série do fundamental.

— Ganhar enfim a competição, o melhor resultado possível, é realmente muito bom — afirmou Zaila ao programa Good Morning America na sexta, contando que treinou por dois anos.

Zaila atribui sua vitória, em parte, à sorte. Uma das poucas palavras em que ficou nervosa nesta quinta foi “nepeta”, um tipo de erva, que tem o mesmo nome em português. Foi uma palavra com a qual já teve dificuldades antes. A jovem, que também ganhou o prêmio de US$ 50 mil, equivalente a R$ 262 mil, afirmou que, ao mesmo tempo em que está muito feliz em ser a primeira pessoa afro-americana a ganhar, gostaria de ver mais competidores negros no concurso de soletração.

— Eu espero que, em alguns anos, eu possa ver muito mais mulheres afro-americanas, e homens também, se saindo muito bem no Concurso Nacional de Soletração — disse Zaila, referindo-se à competição como “porta de entrada para o interesse na educação”.

Ela também foi a primeira estudante do estado de Louisiana a ganhar o concurso. A primeira ganhadora negra foi Jody-Anne Maxwell, uma jovem jamaicana de 12 anos à época, que levou o prêmio em 1998.

Articles View Hits
9502831

We have 1834 guests and no members online

Download Full Premium themes - Chech Here

София Дървен материал цени

Online bookmaker Romenia bet365.ro